3 de ago de 2010

Louvor?



Por Alan Brizotti

Faz muito tempo que Deus não é louvado na igreja brasileira. A esmagadora maioria dos "hinos" cantados são focados única e exclusivamente no homem, em seus anseios mais infantis, em seus delírios consumistas. No reinado da mesmice musical, as frases, os determinismos, sempre giram em torno dessa autoajuda empobrecida que se alastrou pelas igrejas. Os novos mantras da musicalidade e(vã)gélica invasiva dos cultos, não tratam Deus como Deus, mas como um serviçal sagrado, cada vez mais vítima dos desmandos de uma gente mandona!

Não suporto mais a coreografia gospel do: "vire para o seu irmão e profetize!"; "dá glória!"; "determine!" Estive observando a repetitividade das frases de efeito: "Você é um campeão" (campeã das frases). "Você nasceu pra vencer" (agora, se dez pessoas estiverem orando por uma vaga de emprego, nove serão perdedores, né?). "Você nasceu pra brilhar"; "Você é uma estrela"; "Seus inimigos não vão morrer enquanto você não for exaltado na terra!" (essa é a teologia Bin Ladeniana, onde o que importa não é vencer, mas sim humilhar os que perderam).

Não suporto mais o culto invasivo. Quero ter o direito de ficar sentado. Quero poder estar triste no culto! Quero ter o direito de não cantar. Não preciso ficar em pé, abraçar o indivíduo ao meu lado ou levantar a mão para que todos saibam que estou cultuando, ou que sou vitorioso. Não preciso provar nada pra ninguém! E tem mais: se o culto é pra Deus, somente Ele pode julgá-lo bom ou ruim, e não os tais "ministros de louvor".

Isso sem falar no choro sem lágrima, a nova modalidade de "quebrantamento" utilizada pelos gurus musicais das igrejas. Aquela ladainha melosa, misturada a uma fungadinha aqui outra lá. Gente passando o lenço no rosto pra enxugar lágrimas tão falsas quanto seu ministério. Enquanto isso Deus chora - e com muitas lágrimas - por ver ao que reduzimos o louvor ao seu nome. Ele sofre pela tragédia musical da atualidade.

O homem contemporâneo tornou-se o deus de seu próprio louvor. Quando isso acontece, biblicamente só há um nome: idolatria!

Por essas e outras é que ainda amo o louvor do silêncio...


Publicado no Genizah

2 comentários:

  1. naum querida eu penso totalmente diferente de vc concerteza o deus a quem eu sirvo ele é um deus vivo e alegre ele pode todas as coias vc sabia, deus diz venho como estás mas ele naum quer q vc fiq como está pq a partir do momento em q aceitamos a cristo somos novas criaturas nele as coisas velhas se passaram e agora tudo novo já se fez, deus ele naum quer que vc fiq triste nos cultos mais regozige-se nele deixe a tristeza de lado e sorria jesus lhe amou primeiro, sabe pq vc fala isso pq vc ainda naum conheceu a jesus realmente tenho apenas 15 anos, sou ministro de louor e vc pensa totalmnte errado de vc, vc está tyotalmente equivocada concerteza, pq a biblia me diz que na presença do senhor a fartura de alegria vc tem que se converter de novo isso sim ser uma nova criatura, pois quem nasce do ESPIRITO É ESPIRITO eo que NASCE DA CARNE É CARNE QUERIDO (A) eu vou deixar me msn email : pedro.santos252@hotmail.com sou assembleiano e tive um verdadeiro encontro com deus ele é tudo em minha vida e hoje passo as pessoas tudo oq sinto através da musica que canto os louvores a ele pq assim como eu esperimentei o melhor de deus assim tbm quero que as pessoas queiram saber mais de deus porq ele nunca quer ver um servo seu caído e entriteciso pense comigo somos filhos do rei jesus o mundo é nosso vc está entendendo querido por isso se vc quiser me add... no emailmsn estou disposto a esclarecer tudo oq for necessário nesse kso dus lhe ama e conta com vc aki neste site deveria ser postado coisas maravilhosas sobre deus naum coisas infames vc me entende? eu axo que naum busque a deus pq brevemente ele virá. a paz do senhor.

    ResponderExcluir
  2. meu nome é pedro fui eu que postei esse comentário ai me add.. no msn :pedro.santos252@hotmail.com

    ResponderExcluir

Faça um blogueiro Feliz, deixe seu comentário: