23 de ago de 2010

O Problema com as bíblias de estudo evangélicas


Louvo a Deus por sua Palavra. O que seria de nós sem as Sagradas Escrituras? A Bíblia é lâmpada para os nossos pés e luz para os nossos caminhos, fundamento da nossa fé, bússola para as nossas vidas, espada para as nossas batalhas espirituais. Sem ela, nós nos perdemos, pegamos atalhos, apostatamos. O príncipe dos pregadores Charles H. Spurgeon costumava dizer que "a Bíblia, toda a Bíblia e nada mais do que a Bíblia, é a religião da Igreja de Cristo." Louvado seja o Senhor nosso Deus por sua Palavra.

Isto posto e esclarecido, gostaria de ressaltar que me assusta a quantidade de Bíblias comentadas que surgiram em nosso país nos últimos anos. Na verdade, em nossa tupiniquim nação, encontramos todo tipo de Bíblia para todo tipo de crente.

Infelizmente a impressão que se tem diante de tantas Bíblias comentadas é que algumas destas tenham surgido muito mais com a motivação comercial do que qualquer outra coisa, até porque, a ênfase dada pelos “vendedores espirituais” faz dos comentários em questão poderosíssimas armas de guerra. Junta-se a isso o fato de que muitos dos comentários contidos nelas, possuem uma visão teológica distorcida quanto a ortodoxia cristã levando o povo do Senhor a extremos muto perigosos.

Costumo dizer que enfatizar somente uma verdade da Bíblia é tão grave quanto negligenciá-la. Somos chamados por nosso Senhor a pregarmos a Bíblia toda e toda a Bíblia, como também a proclamarmos todo conselho de Deus.

Pois é, se a coisa continuar deste jeito daqui a pouco teremos no mercado o mais novo lançamento gospel: "a Bíblia atualizada-corrigida para mulher, adolescentes e homens, com ênfase em batalha espiritual, quebra de maldições hereditárias, com comentários apostólicos e proféticos dos santos homens de Deus dos últimos dias."

Soli Deo Gloria

Por Renato Vargens, postado no Pulpito Cristão

12 de ago de 2010

Jesus não é cabo Eleitoral, Culto não é Comício.


Estamos é mais uma época de eleições. É comum começar a aparecer "gente boa" na igreja, se aproveitando da ingenuidade de muitos, ou até mesmo de malícia de outros. Como cidadão que é, o cristão brasileiro deve exercer seu direito de voto. Deve racionalmente escolher seus candidatos para votar.
Entretanto o que se vê é um grande aumento na matilha gospel. Muita gente na pele de ovelha surge nos púlpitos prometendo tanto, que até parecem os messias contemporâneos.

Usam até textos bíblicos pra fundamentarem seus ideais políticos, todavia não passa de mera maquiagem para o desejo egocêntrico de fama e poder.

Não quero generalizar, como diria minha antiga professora de ciência política, "existe gente boa no congresso". Talvez Dona Janete tivesse sendo muito otimista.

Cristão, não permita que manipulem sua opinião por conta da sua fé. Não deixe que façam do púlpito da sua igreja palanque político. A bíblia ensina que "aquele que milita não se embaraça com os negócios dessa vida".

O povo cristão não deve ser massa de manobra de politiqueiros, não deve se vender por migalhas. A igreja de Cristo não faz acordo com o mundo em troca de favores pessoais.

Aproveitando a deixa, estive vendo nas notícias o número de candidatos famosos nessas eleições. Nomes tais como o de Romário, Tiririca, Mulher Melão, Reginaldo Rossi, Batoré e outros, estão entre aqueles que se candidataram para nos representar politicamente.

Por uns instantes eu até achei hilário, mas depois lendo os comentários do site em que vi a notícia, pensei e lamentei. Essas pessoas vão ser eleitas pelo povão brasileiro, por conta da sua popularidade, fama, ou mesmo pelo seus atributos "fisico-frutíferos". Literalmente é uma palhaçada.

Não fique assustado se por esses dias aparecer alguém na sua igreja pedindo voto, cantando "Florentina, florentina, florentina de Jesus..."



"Porque Crêr é também pensar"
------------------------------------------------------------------------------------------
Renato Rangel apesar de um dia ter gostado das piadas do Tiriríca e dos Gols de Romário, pensa que liderar uma nação é algo muita mais sério.

11 de ago de 2010

Os novos Evangélicos


A revista época dessa semana traz uma matéria muito interessante, que reconhece o movimento daqueles que estão lutando pela volta ao evangelho puro e simples. O evangelho genuíno.
Infelizmente encontrei muitos não evangélicos, que classificam todos cristãos evangélicos do mesmo modo. É necessário que haja distinção entre aqueles que pregam o evangelho da cruz, e aqueles que o vendem.
Já ouvi de algumas pessoas que não se deve pregar contra tais vendilhões gospel, por que de uma forma ou de outra anunciam a cristo.
Parei pra pensar: percebi que o Cristo que conheço não tinha onde reclinar a cabeça, andou com um jumento emprestado, não buscava glória própria, e tudo isso sendo Rei. O Filho de Deus. Condenou os “sepulcros caiados” e a hipocrisia religiosa.
Pois bem, acho que não estamos falando do mesmo Cristo.
Sugiro que leia essa matéria, e que Deus desperte a você leitor a PENSAR sobre isso. Em que lado você está?
------------------------------------------------------------------------------------------
Renato Rangel - Porque crer é também pensar.

7 de ago de 2010

O Seu amor nos Constrange


Por Luanna Nepomuceno

Conhecer Ele, ser como Ele é, amar como Ele ama.

Porque o amor de Cristo nos constrange, julgando nós assim: que, se um morreu por todos, logo todos morreram. 2 Co 5:14



Bem, isso foi suficiente pro silêncio pairar no ar, entre eu e o Espirito Santo, pois não estou insenta dessa pergunta.

Se o amor de Deus constrange, eu devo ao menos me sentir intimidada e envergonhada pelos atos miseráveis que cometo durante meu dia, me arrepender, e o principal..MORRER PRA MIM.

Porque é então que permitimos as circunstâncias fazerem com que acreditemos em outros deuses, como o deus da "possibilidade humana", só essa é válida. Bem então onde está o Deus do impossível que eu canto, que você canta?

Sim eu sei que somos carne, seres humanos errôneos, mas Ele nunca disse que seria fácil porém Cristo venceu o mundo. Jesus mesmo disse que seriamos capazes de fazermos coisas maiores do que Ele fez aqui na terra.
Mas sabe quando isso será possível? Quando deixarmos o amor dEle REALMENTE,VERDADEIRAMENTE nos CONSTRANGER.





Seja como Maria, pois Jesus nos conta que ela escolheu a melhor parte, "parar e ouvir",enquanto Marta sempre muito ocupada..

Papai te espera ;)

um abração forte,da Lu!

PS: e eu vou - ouvir e crer.Ouçam :D

--------------------------------------------------------------------------------------------



Luanna é colaboradora do Pensar Cristão, apaixonada por Jesus e também defensora do evangelho puramente genuíno, simples e santo.

E por favor, busque conheçer a esse Deus, a esse Paizão em intimidade. Ele tem muito a te contar.

Eu realmente te encorajo a ser dependente desse amor, e NÃO VIVER DE PERFORMACE DIANTE DAQUELE QUE TE CONHECE MELHOR DO QUE NINGUÉM.
Seja verdadeiro, e experimente verdadeiramente o melhor.


Se é verdade, uma vez que o amor dEle me constrange, eu devo ter consciência desse AMOR. Isso se chama CRER, se eu creio, porque então duvido dEle? Amnésia temporária? Ou melhor dizendo amnésia constante?

Hoje eu acordei realmente muito pensativa,na verdade,os dias passam e a palavra 'pensar' é constante em minha vida. Em uma conversa bem informal com Deus durante meus afazeres domésticos (ahaha), Ele me trouxe um versículo em mente: 2 Co 5:14, acompanhado da seguinte pergunta: se o meu amor realmente constrange, porque é que não vejo isso no dia a dia daqueles que dizem serem meus?

6 de ago de 2010

Dez conselhos sobre sexo para os jovens por Billy Graham


1) Evite más companhias. Se você andar com maus elementos ficará dominado por eles. A Bíblia diz: "Retirai-vos do meio deles, não toqueis em coisas impuras" (II Co. 6):

2) Evite o segundo olhar. Você não pode controlar o primeiro, mas pode evitar o segundo, que se torna cobiça.

3) Discipline suas conversas. Evite piadas e histórias com sentido duvidoso. "As más conversações corrompem os bons costumes" (I Co 15:33)

4) Tenha cuidado com a maneira de vestir-se. Deve ser um assunto entre você e Deus as roupas que usa. Uma jovem recém-convertida falou: De agora em diante vou vestir-me como se Jesus fosse o meu acompanhante.

5) Escolha cuidadosamente os filmes e programas de televisão que assiste.

6) Tome cuidado com o que você lê. Muito da literatura contemporânea apela ao instinto sexual.

7) Esteja em guarda com respeito a seu tempo de folga. Davi tinha o tempo em suas mãos, viu Beteseba e caiu em complicações.

8) Faça uma regra de nunca se envolver em namoro pesado. Jovens cristãos deviam orar antes de cada encontro. A moça que tem Jesus Cristo em seu coração possui um poder sobrenatural para dizer "não" aos avanços de qualquer rapaz. E o rapaz que conhece Jesus Cristo tem poder para disciplinar sua vida.

9) Gaste muito tempo com as Escrituras. O salmista disse: "Guardo no meu coração a tua palavra para não pecar contra ti". (Sl 119:11). Memorize versículos e quando a tentação chegar, cite-os. A palavra de Deus é a única coisa à qual satanás não pode se opor.

10) Tenha Jesus Cristo em seu coração e vida. Deus o ama e uma forte fé Nele tem guardado muitos homens e mulheres de cometer imoralidades (I Jo 2:14)

3 de ago de 2010

Louvor?



Por Alan Brizotti

Faz muito tempo que Deus não é louvado na igreja brasileira. A esmagadora maioria dos "hinos" cantados são focados única e exclusivamente no homem, em seus anseios mais infantis, em seus delírios consumistas. No reinado da mesmice musical, as frases, os determinismos, sempre giram em torno dessa autoajuda empobrecida que se alastrou pelas igrejas. Os novos mantras da musicalidade e(vã)gélica invasiva dos cultos, não tratam Deus como Deus, mas como um serviçal sagrado, cada vez mais vítima dos desmandos de uma gente mandona!

Não suporto mais a coreografia gospel do: "vire para o seu irmão e profetize!"; "dá glória!"; "determine!" Estive observando a repetitividade das frases de efeito: "Você é um campeão" (campeã das frases). "Você nasceu pra vencer" (agora, se dez pessoas estiverem orando por uma vaga de emprego, nove serão perdedores, né?). "Você nasceu pra brilhar"; "Você é uma estrela"; "Seus inimigos não vão morrer enquanto você não for exaltado na terra!" (essa é a teologia Bin Ladeniana, onde o que importa não é vencer, mas sim humilhar os que perderam).

Não suporto mais o culto invasivo. Quero ter o direito de ficar sentado. Quero poder estar triste no culto! Quero ter o direito de não cantar. Não preciso ficar em pé, abraçar o indivíduo ao meu lado ou levantar a mão para que todos saibam que estou cultuando, ou que sou vitorioso. Não preciso provar nada pra ninguém! E tem mais: se o culto é pra Deus, somente Ele pode julgá-lo bom ou ruim, e não os tais "ministros de louvor".

Isso sem falar no choro sem lágrima, a nova modalidade de "quebrantamento" utilizada pelos gurus musicais das igrejas. Aquela ladainha melosa, misturada a uma fungadinha aqui outra lá. Gente passando o lenço no rosto pra enxugar lágrimas tão falsas quanto seu ministério. Enquanto isso Deus chora - e com muitas lágrimas - por ver ao que reduzimos o louvor ao seu nome. Ele sofre pela tragédia musical da atualidade.

O homem contemporâneo tornou-se o deus de seu próprio louvor. Quando isso acontece, biblicamente só há um nome: idolatria!

Por essas e outras é que ainda amo o louvor do silêncio...


Publicado no Genizah