5 de abr de 2011

O Cego que "Avistou" a Jesus




Por Lucas Amaral,

Embora o título desta reflexão pareça contraditório, quero falar sobre uma pessoa que não tinha visão, no entanto, pode ver mais do que os que não tinham problemas em seus olhos.

O cego na qual estou me referindo é Bartimeu e sua história está relatada em Marcos 10. Ele estava à beira do caminho e Jesus se aproximando começou a clamar por Ele com as palavras: -  “Jesus, Filho de Davi, tem misericórdia de mim”.

Ao proclamar “Filho de Davi” o cego estava afirmando que Jesus era o Messias. O Cristo que os judeus esperavam e ele por sua vez entendeu. Naquele momento creu no poder de Deus que estava sobre Jesus.
Os fariseus, mestres da lei, "teólogos" da época, não foram capazes de ver no sentido de entender que aquele era o Cristo.

Muito me preocupa em pensar que se nos dias de hoje acontecesse tal cura as pessoas as pessoas impedindo o cedo de gritar, diriam para ele colocar copo d’água em cima da TV, pegar a toalha suada, fazer uma campanha de libertação, etc... 

Assim, após a cura o ex-cego seria colocado para dar seu testemunho em diversos lugares e logo receber um cargo de pastor, apóstolo ou algo do gênero.

Que possamos estar atentos a necessidade das pessoas, que é de salvação genuína. E assim direcioná-las para o poder de Deus, suficiente para o ser humano. Infelizmente o que existe hoje, é uma busca desenfreada por milagres e maravilhas que resultam num sincretismo religioso.

E como já dizia o ditado: O pior cego é aquele que não quer ver.

Pense Nisso.

Lucas H. Amaral também era cego mas passou a enxergar através da cruz de Cristo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça um blogueiro Feliz, deixe seu comentário: